A freira corinthiana

É madrugada e uma freira faz sinal para um micro-ônibus que passava vazio parar. O coletivo para, o motorista cobra a passagem e segue viagem, mas fica encarando a freira pelo espelho retrovisor. Vendo isso, a freira encabulada pergunta:

- Porque você me olha assim?

Ele explica:

- Tenho uma coisa para lhe pedir, mas não quero que fique ofendida...

Ela responde:

- Meu filho, sou freira há muito tempo e já vi e ouvi de tudo. Com certeza não há nada que você possa me dizer ou pedir que eu ache ofensivo.

- Sabe, é que eu sempre tive a fantasia de ser beijado na boca por uma freira...

A freira:

- Bem, vamos ver o que é que eu posso fazer por você: primeiro, você tem que ser solteiro, corinthiano e também católico.

O motorista fica entusiasmado:

- Sim, sou solteiro, corinthiano desde criancinha e até sou católico também!

A freira olha pela janela do ônibus, vê que não tem ninguém na rua de madrugada por causa do horário e diz:

- Então, pare o ônibus ali na próxima travessa.

O ônibus para na travessa e a freira satisfaz a velha fantasia do motorista dando um belo beijo na boca daqueles de cinema .

Mas, quando retomam a viagem, o motorista começa a chorar:

- Meu filho - diz a freira - Porque é que está chorando?

- Perdoe-me Irmã, mas confesso que menti: sou casado, palmeirense e sou evangélico.

A freira conforta-o:

- Deixa pra lá. Estou voltando de uma festa a fantasia, sou travesti, me chamo Alfredo e torço pro São Paulo!
Congresso estudantil no Rio Grande do Sul (parte 2)

Depois de um dia estafante esperando os estudantes sairem do congresso em Gramado, o motorista desembarcou os passageiros no hotel e guardou o ônibus no estacionamento. Como estava meio tenso pediu ao atendente do hotel:

- Você sabe onde eu posso encontrar uma zoninha por aqui?

O atendente disse prontamente:

- É muito fácil senhor, basta descer a rua até chegar numa casa vermelha com um lampião na varanda, é lá! Não tem erro.

O motorista agradeceu e foi, após meia hora voltou enfurecido e gritou com o atendente:

- Onde já se viu você me mandar num lugar daqueles? Só tinha uns caras se agarrando e se beijando...

Perplexo, o atendente pegunta:

- Você entrou na casa do lado direito ou do lado esquerdo da rua?

- Foi na do lado esquerdo! - respondeu o motorista.

- Ah, tá. A zoninha é do lado direito. Lá onde você entrou é o CTG e aquilo na varanda é uma cuia...
Adoraveis criancinhas

No ônibus, um sujeito viajava segurando dois bebês, um em cada braço.
Num ponto, sobe uma senhora e fica encantada ao ver as duas crianças.
— Mas que bebezinhos bonitinhos! — comenta a senhora. — Como eles se chamam?
— Não sei. — responde secamente o moço, com a cara fechada.
— Como você não sabe? — surpreende-se a senhora.
— Como é que eu vou saber? — responde o rapaz — Eu trabalho numa fábrica de preservativos e estas são duas reclamações que acabam de me entregar!
De pai para filho...

O joãozinho conversa com a mãe:
— Mãe, quando eu estava no ônibus com o papai, hoje de manhã, ele me disse pra eu levantar e deixar uma moça sentar no meu lugar.
— Muito bem. Você fez a coisa certa. Deu o assento pra ela?
— Não, eu tava sentado no colo dele!

No guichê da rodoviária...

José da Silva, moravava há 30 anos na roça, resolve ir passear na cidade, arruma uma carona e vai... .
Após uns cinco dias resolve voltar para a sua roça onde mora, tendo que pegar um ônibus que o deixe próximo da estrada, vai até a rodoviária. Como nunca tinha comprado uma passagem, pega a fila no guichê e fica observando o moço á frente comprar para poder fazer igual. O moço diz para a atendente:
- Me vê uma passagem para "João Pessoa".
Chegando a vez de José da Silva ele disse:
- Me vê uma para "José da Silva".

Vicios

No ônibus, o cidadão acende o seu charuto e começa a fumá-lo tranquilamente, quando lá na frente levanta-se a bicha, muito incomodada e reclama:
- Credo! Que fedor! Mas que vício horrível o senhor tem!
E o sujeito:
- Bonito é o teu, né?
Bailarina

Viajavam em pé num ônibus um bêbado e uma mulher que não gostava de depilar as axilas.

- Bailarina, oh bailarina! - disse o bêbado.

A mulher não entendeu nada, mas o bêbado continuou:

-Oh, bailarina, bailarinaaaaaa, olha para mim bailarina.

Depois de um tempo, a mulher já puta disse:

-Que bailarina, onde é que o senhor está vendo bailarina aqui?

O bêbado confuso respondeu:

-Se a senhora não é bailarina, como é que consegue botar o pé aí em cima?
Não empurra não...

Estava o bebum no ponto de ônibus e uma senhora idosa ao seu lado, de repente o ônibus para, o bebum se prapara para subir no ônibus, a senhora lhe diz:
- Vai com Deus.
Quando ele sobe o degrau, dá um tropeção, vira para tráz e diz:
- Quer vir vem, mas não empurra não.
HABLAS ESPAÑOL?

"LA VIEN UN TARADO PELADO COM SU SACO EN LAS MANOS CORRIENDO ATRAZ DE LA BUSETA."

Tradução: "LÁ VEM UM TONTO CARECA COM SEU PALETÓ NAS MÃOS CORRENDO ATRÁS DO MICRO ÔNIBUS.". Tem a mente suja, hein! (marque bloco para conferir a tradução)
A Bicha Evangélica

A bichinha, recém convertida, está indo para a Igreja, nariz todo empinado, com a Bíblia debaixo do braço... Nisso, passa um ônibus cheio de homens, que gritam:
- Viaaaaado!
- Gaaaaayyy!
- Queima Roooooosca!
- Coxa branca, boiola!
De repente, o ônibus perde a direção, bate num poste e explode. Morre todo mundo!
A bicha pára, olha para o ônibus pegando fogo, solta a Bíblia no chão, coloca as mãos na cintura e comemora:
- Jesus... Você ar-ra-sou!
Depois de uma derrota, dois torcedores do Flamengo desolados iam para casa de ônibus quando encontraram um terceiro torcedor que estava voltando de uma viagem... Vendo a cara dos dois que assistiram o jogo, o viajante falou:

- Vocês foram no jogo, perdemos de quem?
- BOTAFOGOOOO!!!

O viajante não pensou duas vezes:

- Humm, vocês tem um isqueiro ai?

Dicionário

  • "Bexiga" - câmaras de ar da suspensão a ar, também chamados de "bolsões"
  • "Busscar sapão" - apelido dos Elbuss da Busscar devido ao design da sua frente.
  • "Cabritinha" - Apelido do Monobloco O-362 da Mercedes-Benz
  • "Carneirinho" - apelido dado pelos "muambeiros" aos ônibus que faziam viagens bate e volta para o Paraguai. Em geral eram CMAs ou Dinossauros brancos.
  • "Chifrudos" - Denominação para os ônibus equipados com retrovisores modernos, em formato de chifres.
  • "Double Decker" - ônibus de dois andares.
  • "Latão" - ônibus.
  • "Low Driver" - Ônibus que tem o posto do motorista rebaixado a fim de posicionar as primeiras poltronas do veiculo em um assoalho construído logo acima da cabine do motorista, criando uma visão panorâmica para esses passageiros.
  • "Maçarico" - denominação comum para ônibus com motor aspirado, sem turbina.
  • "Maçarico" - Motor aspirado, não turbinado
  • "Melância" - Referência aos ônibus MB O-370 e O-371 monoblocos. O apelido surgiu devido ao formato de sua carroceria.
  • "Mulão" - Apelido do Monobloco O-355 da Mercedes-Benz
  • "Pinga-pinga" - ônibus que faz diversas paradas, inclusive fora de rodoviárias e não programadas, ao longo do seu itinerário.
  • "Queixo duro" - ônibus sem direção hidráulica.
  • "Vista" - itinerário.
  • Ar condicionado de bagageiro -
  • Ar condicionado de teto -
  • Bagageiros - local destinado a guardar malas e volumes médios e grandes pertencentes aos viajantes em ônibus rodoviários.
  • Bancada - Conjunto de poltronas, bancos de um ônibus.
  • Banco da puta -> banco da guia.
  • Banco do tonto -> poltrona que fica na última fileira, no meio do corredor. Sem banco à sua frente para se segurar, o tonto corre o risco de voar em caso de freada brusca.
  • Barriga de vidro -> ônibus de dois andares (double decker).
  • Bonecos -> passageiros.
  • Cabeceira - Espécie de fronha geralmente feita de lycra. Essa é utilizada para evitar o contato entre as cabeças dos passageiros e o tecido das poltronas o que assegura a higiene já que as cabeceiras podem ser facilmente retiradas para lavagem. Além disto a empresa pode ter jogos estras de cabeceiras para substituição enquanto as outras são lavadas.
  • Cabeça de fogo - ônibus com motor dianteiro.
  • Cabrito - Veiculo adulterado ou clonado.
  • Cabrito - ônibus remarcado ou reconstruido utilizando peças de dois ou mais veiculos.
  • Calefação - aquecedor
  • Chassis -> É uma estrutura de suporte onde a mecânica e a carroceria são montadas. Esse tipo de construção se contrapõe ao monocoque e ainda hoje é muito comum principalmente em ônibus com motor dianteiro.
  • Clandestino - segundo Michaelis: "clan.des.ti.no adj (lat clandestinu) 1 Dir Que não apresenta as condições de publicidade prescritas na lei. 2 Feito às escondidas. sm Passageiro que viaja escondido".
  • Clone - Veiculo adulterado com as caracteristicas e documentos de um outro veiculo devidamente legalizado.
  • Eixos em tandem -
  • Encarroçado - Veículo montado em duas fases por duas empresas diferentes. Primeiramente é construido um chassis ou plataforma, de acordo com as especificações do cliente, e depois este enviado para o outro fabricante independente do primeiro para que seja construída a carroceria.
  • Escotilhas de ventilação -
  • Itinerário - Visor mecânico ou eletronico aonde são apresentadas informações sobre a origem e o destino do ônibus. Em alguns lugares este equipamento também é conhecido como "vista".
  • Joaninhas - Referência aos ônibus com retrovisores modernos com carcaça de plástico.
  • Maneco -> Manete do freio de mão.
  • Monobloco (quando usado como termo técnico é sinônimo de monocoque) - No contexto de ônibus, a expressão monobloco caracteriza veículos que tiveram tanto a carroceria quanto o chassis produzidos pelo mesmo fabricante, ou seja, montados em uma unica fase.
  • Monocoque - É uma técnica de construção onde a própria estrutura da carroceria suporta toda, ou a maior parte do peso, ao contrário da construção utilizando chassis. O precursor dessa técnica no Brasil foi o Ciferal Dinossauro.
  • Mão amiga - A "mão amiga" é a designação popular para a conexão do circuito de ar dos freios e suspensão a reboque ou semi-reboque (pode ser encontrado nos veiculos combinados como Romeu & Julieta). Certa atenção extra deve ser dada a esse equipamento devido a marginais desconectarem essas mangueiras em paradas (como postos de combustíveis e restaurantes) a fim do veículo rodar apenas mais alguns quilômetros antes de ficar imobilizado em um local ermo, assim que acabar o ar do sistema, facilitando a sua abordagem pelos criminosos.
  • Nielson sete quedas -> Modelo de carroceria de ônibus fabricado pela Nielson na década de 70 e início da de 80 que tinha como caracteristica ter 4 "quedas" (desniveis) na parte da frente do teto e mais 3 na parte de trás.
  • Peso bruto total -
  • Peso por eixo -
  • Porta pacotes - prateleira instalada sobre as poltronas do salão de passageiros a fim de guardar as bagagens de mão dos passageiros.
  • Portas/tampas de bagageiro pantográficas -
  • Reencarroçado - Veículo que rodou por grande parte de sua vida útil com uma carroceria e em determinado momento teve esta trocada por outra mais nova. Entre os principais motivos para esta troca estão o desgaste da carroceria antiga, defasagem tecnológica e destruição da carroceria original em um acidente de trânsito.
  • Romeu & Julieta - Veículo para transporte de passageiros que combina um ônibus convencional adicionado de um reboque também encarroçado como ônibus. Esta é uma solução antiga que tentava ajustar o tamanho do ônibus à demandas variáveis em certas linhas.
  • Salão de passageiros -
  • Toco -> ônibus dotado de apenas dois eixos.
  • Trucado -> ônibus dotado de três ou mais eixos.
  • Vidros Colados -
  • Vidros fixos -
  • Ônibus (em Portugal auto-carro) - Do latin omnibus (tradução: "para todos") é um veículo cuja principal função é o transporte de grande quantidade de passageiros por via terrestre com rodagem sobre pneus.