Será que a onda de Wi-Fi (internet sem-fio)
em ônibus vai agravar os problemas
com ciclistas caroneiros?

É noite de natal e um ônibus de linha parte de uma cidade levando apenas o seu motorista, o papai noel, um gaúcho macho e um bombista honesto. Alguns quilômetros mais tarde o ônibus derrapa e sai da estrada capotando violentamente. Houve apenas um sobrevivente, quem foi?

Resposta: "O motorista, oras, papai noel, gaúcho macho e bombista honesto não existem!" (marque bloco do texto entre aspas para conferir a resposta!)
Gaúcho inquieto

Um gaúcho voltava de ônibus de uma viagem que fez para Campinas e já perto de Pelotas o companheiro de viagem vê que o gaúcho está bem inquieto e pergunta:

- O que aconteceu gaúcho?

- Bah, tchê! A primeira coisa que eu vou fazer, quando chegar em casa é tirar a calcinha da minha mulher!

- Nossa, tudo isso é saudade!???

- Não! É que ela está me apertando mesmo!
Nossas leitoras querem saber:


Como se proteger de tarados no ônibus?

Comentário do leitor:

André (São Bernardo do Campo - São Paulo):
"Para se proteger de tarado em ônibus é so tirar o motorista de dentro do coletivo..."
No boteco da rodoviária

O cara entra num bar de rodoviária já com o dinheiro na mão, olha a vitrine e pede:
- Amigo, me dá aquele quibe! Rápidinho, pois o meu ônibus já vai sair!
- Quibe? Que quibe?
- Aquele ali da direita!
- Ahhh, esse? Isso não é quibe. É um ovo.
- Ovo?
- É, ovo. Xô, mosquitaiada! O freguês quer comprar!
Em time que está ganhando não se mexe...

Uma mulher com seus 40 anos acabou sofrendo um acidente de trabalho e foi levada ás pressas para o hospital.
Chegando lá enquanto os médicos tentaram reanima-la a todo custo, mas a alma dela acabou saindo do corpo e indo para o portal do céu. Chegando lá encontrou Deus e São Pedro batendo papo.
Ao ve-la, Deus perguntou:

- O que faz aqui minha filha?
- Eu acho que morri...
- Não morreu! Aqui está escrito que isso só vai acontecer daqui a 50 anos, de forma natural, em um chalé na praia. Pode voltar para o seu corpo.


Quando Deus falou isso ela acordou na enfermaria do hospital ficando radiante com a idéia de que ainda iria durar mais cinquenta anos e ao final teria morte natural, num local paradisiaco. Então se empolgou e mandou fazer serviço completo! Plasticas em diversas partes do rosto, lipoaspiração, seios, gluteo, e tudo mais a que tinha direito.
Dois meses depois teve alta e ao sair do hospital saltitando de alegria e com vontade de aproveitar cada gota da vida é atropelada por um ônibus e morre.

De novo na porta do ceu, agora emputecida, ela encontra são pedro e pede para chamar Deus. Este vem e ela desabafa:

- Deus, estive aqui faz dois meses e você me disse que eu duraria mais cinquenta anos e agora, depois de todo esse sofrimento com cirurgias eu sou atropelada na porta do hospital por um ônibus em alta velocidade?
- Minha filha, é você? Eu juro que não te reconheci!
A freira corinthiana

É madrugada e uma freira faz sinal para um micro-ônibus que passava vazio parar. O coletivo para, o motorista cobra a passagem e segue viagem, mas fica encarando a freira pelo espelho retrovisor. Vendo isso, a freira encabulada pergunta:

- Porque você me olha assim?

Ele explica:

- Tenho uma coisa para lhe pedir, mas não quero que fique ofendida...

Ela responde:

- Meu filho, sou freira há muito tempo e já vi e ouvi de tudo. Com certeza não há nada que você possa me dizer ou pedir que eu ache ofensivo.

- Sabe, é que eu sempre tive a fantasia de ser beijado na boca por uma freira...

A freira:

- Bem, vamos ver o que é que eu posso fazer por você: primeiro, você tem que ser solteiro, corinthiano e também católico.

O motorista fica entusiasmado:

- Sim, sou solteiro, corinthiano desde criancinha e até sou católico também!

A freira olha pela janela do ônibus, vê que não tem ninguém na rua de madrugada por causa do horário e diz:

- Então, pare o ônibus ali na próxima travessa.

O ônibus para na travessa e a freira satisfaz a velha fantasia do motorista dando um belo beijo na boca daqueles de cinema .

Mas, quando retomam a viagem, o motorista começa a chorar:

- Meu filho - diz a freira - Porque é que está chorando?

- Perdoe-me Irmã, mas confesso que menti: sou casado, palmeirense e sou evangélico.

A freira conforta-o:

- Deixa pra lá. Estou voltando de uma festa a fantasia, sou travesti, me chamo Alfredo e torço pro São Paulo!
Congresso estudantil no Rio Grande do Sul (parte 2)

Depois de um dia estafante esperando os estudantes sairem do congresso em Gramado, o motorista desembarcou os passageiros no hotel e guardou o ônibus no estacionamento. Como estava meio tenso pediu ao atendente do hotel:

- Você sabe onde eu posso encontrar uma zoninha por aqui?

O atendente disse prontamente:

- É muito fácil senhor, basta descer a rua até chegar numa casa vermelha com um lampião na varanda, é lá! Não tem erro.

O motorista agradeceu e foi, após meia hora voltou enfurecido e gritou com o atendente:

- Onde já se viu você me mandar num lugar daqueles? Só tinha uns caras se agarrando e se beijando...

Perplexo, o atendente pegunta:

- Você entrou na casa do lado direito ou do lado esquerdo da rua?

- Foi na do lado esquerdo! - respondeu o motorista.

- Ah, tá. A zoninha é do lado direito. Lá onde você entrou é o CTG e aquilo na varanda é uma cuia...
Adoraveis criancinhas

No ônibus, um sujeito viajava segurando dois bebês, um em cada braço.
Num ponto, sobe uma senhora e fica encantada ao ver as duas crianças.
— Mas que bebezinhos bonitinhos! — comenta a senhora. — Como eles se chamam?
— Não sei. — responde secamente o moço, com a cara fechada.
— Como você não sabe? — surpreende-se a senhora.
— Como é que eu vou saber? — responde o rapaz — Eu trabalho numa fábrica de preservativos e estas são duas reclamações que acabam de me entregar!
De pai para filho...

O joãozinho conversa com a mãe:
— Mãe, quando eu estava no ônibus com o papai, hoje de manhã, ele me disse pra eu levantar e deixar uma moça sentar no meu lugar.
— Muito bem. Você fez a coisa certa. Deu o assento pra ela?
— Não, eu tava sentado no colo dele!

No guichê da rodoviária...

José da Silva, moravava há 30 anos na roça, resolve ir passear na cidade, arruma uma carona e vai... .
Após uns cinco dias resolve voltar para a sua roça onde mora, tendo que pegar um ônibus que o deixe próximo da estrada, vai até a rodoviária. Como nunca tinha comprado uma passagem, pega a fila no guichê e fica observando o moço á frente comprar para poder fazer igual. O moço diz para a atendente:
- Me vê uma passagem para "João Pessoa".
Chegando a vez de José da Silva ele disse:
- Me vê uma para "José da Silva".

Vicios

No ônibus, o cidadão acende o seu charuto e começa a fumá-lo tranquilamente, quando lá na frente levanta-se a bicha, muito incomodada e reclama:
- Credo! Que fedor! Mas que vício horrível o senhor tem!
E o sujeito:
- Bonito é o teu, né?
Bailarina

Viajavam em pé num ônibus um bêbado e uma mulher que não gostava de depilar as axilas.

- Bailarina, oh bailarina! - disse o bêbado.

A mulher não entendeu nada, mas o bêbado continuou:

-Oh, bailarina, bailarinaaaaaa, olha para mim bailarina.

Depois de um tempo, a mulher já puta disse:

-Que bailarina, onde é que o senhor está vendo bailarina aqui?

O bêbado confuso respondeu:

-Se a senhora não é bailarina, como é que consegue botar o pé aí em cima?
Não empurra não...

Estava o bebum no ponto de ônibus e uma senhora idosa ao seu lado, de repente o ônibus para, o bebum se prapara para subir no ônibus, a senhora lhe diz:
- Vai com Deus.
Quando ele sobe o degrau, dá um tropeção, vira para tráz e diz:
- Quer vir vem, mas não empurra não.
HABLAS ESPAÑOL?

"LA VIEN UN TARADO PELADO COM SU SACO EN LAS MANOS CORRIENDO ATRAZ DE LA BUSETA."

Tradução: "LÁ VEM UM TONTO CARECA COM SEU PALETÓ NAS MÃOS CORRENDO ATRÁS DO MICRO ÔNIBUS.". Tem a mente suja, hein! (marque bloco para conferir a tradução)
A Bicha Evangélica

A bichinha, recém convertida, está indo para a Igreja, nariz todo empinado, com a Bíblia debaixo do braço... Nisso, passa um ônibus cheio de homens, que gritam:
- Viaaaaado!
- Gaaaaayyy!
- Queima Roooooosca!
- Coxa branca, boiola!
De repente, o ônibus perde a direção, bate num poste e explode. Morre todo mundo!
A bicha pára, olha para o ônibus pegando fogo, solta a Bíblia no chão, coloca as mãos na cintura e comemora:
- Jesus... Você ar-ra-sou!
Depois de uma derrota, dois torcedores do Flamengo desolados iam para casa de ônibus quando encontraram um terceiro torcedor que estava voltando de uma viagem... Vendo a cara dos dois que assistiram o jogo, o viajante falou:

- Vocês foram no jogo, perdemos de quem?
- BOTAFOGOOOO!!!

O viajante não pensou duas vezes:

- Humm, vocês tem um isqueiro ai?
Congresso estudantil no Rio Grande do Sul

Vários ônibus foram fretados para levar os estudantes à um congresso estudantil em Gramado. Chegando lá, sem muito o que fazer, os motoristas formaram uma rodinha e ficaram batendo papo. Eis que um gaúcho bêbado sai de um boteco, e vendo os motoristas, começa a gritar:

- MOTORISTA É TUDO CORNO!
- MOTORISTA DE ÔNIBUS É TUDO VIADO!

Os motoristas irritados com aquela história nem pensaram muito a respeito e deram a maior surra no gaúcho. Este ficou lá sentado na sarjeta, tentando arrumar forças pra se levantar e enquanto os motoristas voltavam pra roda, um deles falou:

- A gente tinha que ter mostrado pra esse gaúcho quem é o viado!

Um dos outros se prontificou:

- Xá comigo!

Foi lá e comeu o gaúcho de tudo quanto era jeito, tanto que além de não conseguir levantar também mal conseguia ficar sentado. O gaúcho com as últimas forças exclamou:

- Bah tchê, esses gaudérios são todos muito esquisitos... primeiro me batem e depois vem me dar um agrado!
Está ai o motivo pelo qual os traficantes de animais silvestres têm evitado transportar loros...


"Hermanos" na rodoviária

Dois argentinos chegam no terminal Tietê, em São Paulo, sem grana, e ai um diz pro outro:
Vamos nos separar para pedir dinheiro e ao final do dia nos reunimos para ver quanto cada um de nós arrumou.
O outro topa e então cada um vai para o seu lado.
Já bem de noitinha se encontram de novo e um pergunta para o outro:
Quanto você conseguiu?
- 10 reais.
- E como fez?
Fui ao parque e pintei um cartaz: "NO TENGO TRABAJO, TENGO 3 HIJOS QUE ATENDER, POR FAVOR, LES SUPLICO! NECESITO AYUDA!".
E você, quanto ganhou? Perguntou, o que ganhou dez reais.
- Ganhei 8.694,00 reais.
- Madre mia! Como você fez para conseguir tanto?
Escrevi um cartaz assim: "PRECISO DE UM REAL PARA COMPLETAR O DINHEIRO DA PASSAGEM DE ÔNIBUS DE VOLTA PARA A ARGENTINA"
Situação em Pelotas...

"Dizem que em Pelotas dá até medo, pois a situação é tão séria que até os ônibus entram dando marcha-à-ré para encostar na plataforma da rodoviária!"
Turismo na Argentina...

"Gaucho odeia a poluição de São Paulo, mas adora a de Buenos Aires".


LiderSul Viagens - Turismo - Fretamento
Atende: Cascavel e região


A LiderSul oferece ônibus e micro-ônibus para viagens estaduais, interestaduais e internacionais, equipados com:
- Calefação
- Banheiro
- Frigobar
- TV
- DVD


Contato: (45) 3223-8130 e (45) 9107-0563 e-mail:lidersulturismo@brturbo.com.br MSN: lidersulturismo@hotmail.com
Rua da Lapa, 987 - Jd. Maria Luiza
Cascavel - Paraná




Guaçu Tur - Turismo - Fretamento
Atende: Cascavel e região




A Guaçu Tur oferece a você a mais moderna frota de ônibus do mercado. Veículos executivos, leito-leito e o confortável leito-cama. A GuaçuTur realiza viagens de compras para São Paulo com saidas todos os domingos e quartas. Conforto, segurança e um excelente atendimento fazem com que a Guaçu Tur se destaque no mercado de viagens pelo Brasil e países do Mercosul. Na sua próxima viagem viaje bem, viaje Guaçu Tur.

Visite a nossa homepage: http://www.guacutur.com.br/


Faça você também o VT da sua empresa na:

Porto Vídeo Produções - Televisão e Cinema
Tá ai a forma definitiva para as pessoas se protegerem
do H1N1 nos ônibus


Imunidade total à gripe do porco!
Um guarda está operando o radar em uma moita num ponto da rodovia quando passa um ônibus zigzagueando entre as faixas. Ele imediatamente avisa o posto policial:

- Cambio! Cambio! Central, Tem um ônibus zigzagueando na pista indo praí...

Os patrulheiros do posto param o ônibus, e ao entrar interrogam os passageiros e o motorista sobre o estado de saúde dele. Depois de muita conversa, fazem o teste do bafômetro e não dá outra - pudim de cachaça. O guarda, revoltado, diz:

- O senhor está preso, seu louco! Onde estava com a cabeça de beber e sair dirigindo esse ônibus desse jeito, colocando em risco a saúde dessas pessoas, seu irresponsável?

- Ah doutor, hic, eu estava fazendo a minha parte...

- Como é que é, seu imbecíl? Pergunta o guarda furioso...

- Pois é doutor - respondeu o motorista - hoje eu acordei tossindo e com febre. Nem iria vir trabalhar, mas achei esse panfleto que mandava eu fazer isso dai...

O policial, perplexo cata o papel da mão do motorista e lê: "para matar o virus da gripe do porco passe álcool nas superficies contaminadas..."
"Em ônibus sem freio na banguela não existe ateu, e em coletivo em chamas não existe feminista"
07/08/2009 - Transporte público de São Paulo está para se tornar uma "corrida de ratos"

"Se enfileirarmos todos os automóveis e utilitários leves registrados no município de São Paulo teremos uma fila de 18.091,87 quilômetros, se o fizermos com todos os ônibus e micro-ônibus registrados no Brasil a fila teria apenas 7.321,85 quilômetros. Tal análise coloca abaixo qualquer tentativa de defesa da retirada de ônibus das ruas a fim de tentar diminuir congestionamentos. A fila dos carros de uma única cidade seria 2,5 vezes maior do que a fila formada por todos ônibus de um país."

Segundo entrevista concedida à TV Cultura por Alexandre de Moraes, secretário de transportes do município de São Paulo, capital, o pedágio urbano não será possível na gestão do prefeito Kassab (DEM), pois o próprio secretário admite que o transporte coletivo da cidade não pode acomodar tal possibilidade. Segundo as palavras dele: "Nós estaríamos fazendo algo que seria, tranquilamente, colocado como injustiça social".
Mas verificando algumas reportagens publicadas em jornais importantes, como a Folha de São Paulo (10/02/2009), que mostra claramente que a idéia original do prefeito Kassab e de seu padrinho político, o governador José Serra, era justamente implementar o pedágio urbano. E somente teriam "desistido" da idéia por força da oposição e da opinião pública que em sua esmagadora maioria anda de carro e principalmente, vota!
Somente a capital paulistana, segundo o DENATRAN*, possui 4.348.247 automóveis, 319.571 caminhonetes e 252.464 caminhonetas, que para fins de cálculo reduzimos para 4.920.282 Ford Ka, cujo comprimento unitário é de 3,677 metros. Se enfileirados, esses carros e se fossem apenas Ford Ka, formariam uma fila de aproximadamente 18.091,87 km. Mas logicamente sabemos que os Ford Ka estão entre os menores modelos desta amostra, o que leva essa quilometragem a números bem mais altos do que esses 18 mil e poucos quilômetros de fila.
Por outro lado, segundo o próprio DENATRAN, a frota de ônibus do Brasil tem hoje 409.692 unidades, o que numa média de 13,2 metros de comprimento por veículo totalizaria uma fila de 5407,94 km. O detalhe é que nessa frota constam todos os ônibus de um país, sendo que a grande maioria deles jamais colocará seus pneus dentro do município de São Paulo. Também é oportuno lembrar que nessa conta também aparecem todos os veículos do transporte convencional da capital e de todas as cidades do país, bem como de empresas de transporte rodoviário de passageiros; ou seja veiculos que na verdade não praticam a modalidade de fretamento.
Nem mesmo adicionando os 239.239 micro-ônibus registrados no país (que numa média de 8 metros por veículo dariam uma fila de 1913,91 km), o tamanho da fila de ônibus chegaria ao tamanho da fila formada pelos automóveis. Oras, somando os ônibus aos micro-ônibus teriamos 7.321, 85 km em todo o Brasil contra 18.091,87 km dos carros registrados no município de São Paulo. Isto coloca abaixo qualquer argumento que diga algo a favor de tirar ônibus das ruas para diminuir congestionamentos.
Oras, que interesse o sistema de transporte imposto pela prefeitura teria em dar melhorias para aumentar o conforto, como colocar mais veículos e diminuir os ganhos, se a concorrência foi extremamente restringida?

Silvio Alexandre Porto
silvio@euqueroumonibus.com.br

*Dados do DENATRAN referênte à frota no mês de maio de 2009.

fonte: Folha de São Paulo (10/02/2009)
DENATRAN
G1/TV Cultura

04/08/2009 - Palavras do secretário de transportes da cidade de São Paulo...

Nas palavras de Alexandre Moraes, secretário de transportes da cidade de São Paulo: "Eu deixaria meu carro em casa se tivéssemos bons corredores, metrô, linhas rápidas. E esse é o desafio. Quando há esse oferecimento as pessoas vão. Hoje seria uma hipocrisia minha dizer que não ando de carro oficial" (Fonte: Terra - Trânsito).


Segundo sondagem feita pelo Jornal Folha de São Paulo com usuários de fretado e publicada ontem, dia 3, um terço dos entrevistados aderiu ao uso do automóvel e agora engrossam as fileiras do trânsito paulistano, junto com o próprio secretário. A diferença talvez seja que esses pagam o próprio carro, e combustível motivo pelo qual aparentemente os outros dois terços ainda não aderiram. Mas com transporte público em condições degradantes, carros zero em 80 vezes de 300 reais, o resultado é previsível...


Transporte público de qualidade


Recentemente Alexandre Moraes disse que o fretado não pode ser comparado com um "táxi grande", mas por que não poderia? Conservadorismo! Os táxis existem desde o tempo em que eram operados com a utilização carroças e os ônibus descendem de carroções e posteriormente bondes. Os fretados, contrariando o que o secretário disse, aliariam o melhor dos dois mundos, pois transportam passageiros sentados, com conforto e segurança e ainda não tem o custo proibitivo de utilizar um taxi a todo momento no maior estilo "filme nova-iorquino".
Lógico que tanto o transporte coletivo urbano quanto o sistema de táxis tem a sua importância, o primeiro para quem não tem uma rotina, que é pré-requisito para quem usa fretado, e o segundo para quem precisa de um transporte eventualmente e está com bastante pressa, mas não devemos pautar nossa socidade exclusivamente neles.
Tenta-se atribuir ao fretado a fama de veiculo "particular", mas ele é um serviço público de transporte de passageiros, ou seja, o dono do ônibus não vai ficar andando sozinho no centro da cidade, vai prestar serviços para outras pessoas.
Aliás, a maior parte dos ônibus que rodam no país, independênte do serviço, são particulares, ou seja, pertencem a uma empresa e essa tem um dono. Isso, ao contrário do que pregam alguns extremistas, é um fato positivo, pois quem nunca se interessou por comprar algumabarganha, que estava meio caidinha, e o vendedor tentou anima-lo falando: "isso dai é muito bom, só falta dono"?


Passageiros em pé no transporte urbano

Segundo entrevista feita pelo portal G1 com o professor Osmar Vicente Rodrigues, da UNESP, doutor em desing de veículos pelo London Royal College Of Art, este afirma que de acordo com os padrões internacionais de ergonomia cada passageiro em pé deve ter no mínimo 0,8 metro quadrado (800 cm quadrados) dentro de um ônibus para minimizar os riscos à saúde durante o transporte. Ainda, segundo a mesma reportagem, para construção de ônibus urbanos, é levado em conta que como medida de segurança que cada passageiro deve ter no mínimo 0,17 metros quadrados (170 cm quadrados), limite mínimo que nem sempre é respeitado.
03/08/2009 - A DINÂMICA SOBRE O FRETAMENTO ”EVENTUAL”, DEFINIDO PELA SPTRANS

Nota do editor: É indiscutível a importância econômica e social do transporte "especial". A maioria das empresas de transporte, pequenas de fato, sobrevivem essencialmente dele e o mais alarmante é que sem ele será difícil as pessoas conseguirem ir aos seus cultos, passeios de escola, etc. Se ainda tem dúvidas te pergunto: Você autorizaria seu filho a ir em um passeio de escola aonde cada criança entraria com seu vale transporte num ônibus urbano do transporte regular de passageiros, mesmo sobre a supervisão dos professores?

Ao tomar conhecimento das novas “REGRAS” impostas ao serviço de fretamento eventual, dentro da ZONA DE RESTRIÇÃO DE 70 km² , criada pela Prefeitura de São Paulo, por um ATO ADMINISTRATIVO COMPLETAMENTE ILEGAL, por conceito, uma vez que tal medida nem LEI ainda o é, mas DEIXEMOS DE LADO AS APRECIAÇÕES LEGAIS, que serão argüidas em ocasião oportuna.

Segundo informações obtidas junto à CENTRAL da SPTRANS, para que possamos transportar um grupo de escolares, turistas, religiosos e afins, na ZONA DE RESTRIÇÃO, foi criada uma “REGULAMENTAÇÃO” que torna SIMPLESMENTE INVIÁVEL A PRESTAÇÃO DO SERVIÇO, senão vejamos:

É necessário protocolar um PROCESSO ADMINISTRATIVO FORMAL, com exigências descabidas pra quem não se inclui no regime de serviço de FRETAMENTO CONTÍNUO.

Preencher contrato, fornecido pela SPTRANS, onde conste o serviço a ser realizado, quem está tomando o serviço, a ROTA DISCRIMINADA COMPLETA DE IDA E VOLTA, COM OS RESPECTIVO CEPs, HORÁRIO PREVISTO, ENTRE OUTRAS COISAS, UMAS SIMPLES E OUTRAS PRATICAMENTE IMPOSSIVEIS, DEVIDO À DINÂMICA DO SERVIÇO EVENTUAL.

O que mais nos causa espécie é que serão instaladas CAMERAS DE VIGILANCIA, que EMITIRÃO MULTAS INDISCRIMINADAMENTE, o que, num prazo de 10 dias, seremos obrigados a nos dirigir ao DSV, com o PROCESSO ACIMA CITADO, DESDE QUE DEFERIDO, prá que se CANCELEM AS MULTAS, agindo por PRESUMINDO POR PRÉ-CONCEITO, QUE O ONIBUS ESTÁ IRREGULAR...

Ou seja, a empresa tem que se dirigir UMA VEZ, à SPTRANS pra protocolar o pedido de autorização. Aguardar a publicação de “COMUNIQUE-SE” no DIARIO OFICIAL DO MUNICIPIO, pra saber se foi AUTORIZADO. Outra vez, em sendo, retirar autorização. Mais uma vez, se dirigindo ao DSV, pra protocolar CANCELAMENTO DE MULTAS...

Isso é SÉRIO??? ACREDITAM REALMENTE QUE ALGUÉM VÁ CONSEGUIR TRABALHAR??? PRA EMBUTIR ISSO NOS CUSTOS É IMPOSSÍVEL...

A crise financeira que afetou todo o mundo, também deixou sua devastação nesse setor, que está trabalhando em DUMPING, com preços que não expressam nem as necessidades mínimas pra manutenção e sobrevivência das empresas.

A criação de mais essa BUROCRACIA, que é na realidade uma forma de não usar a expressão ‘VOCÊS NÃO PODEM MAIS RODAR”, inviabiliza a prestação desse serviço pra TODA E QUALQUER EMPRESA, pois não se pode acreditar que uma “REGULAMENTAÇÃO” dessas tenha sido criada para atender os PRESTADORES OU A POPULAÇÃO DE FORMA GERAL... TEM ALGO ESTRANHO POR TRÁS DISSO...

É, na verdade, MAIS UMA IMPOSIÇÃO DITATORIAL contra TRABALHADORES, que geram MILHARES DE EMPREGOS, DIRETOS E INDIRETOS.

Mas é PUBLICO E NOTÓRIO que o Sr. Alexandre Moraes, é um EXTERMINADOR DE TRABALHADORES.

Demitiu + de 1.500 trabalhadores da FEBEM, em 2005, em uma canetada.

É MAIS UM DA TROPA DE CHOQUE DO KASSAB, que não está nem um pouco preocupado com as reais condições do TRABALHADOR. Se ESTIVESSE , não estariam deixando AO LÉU o já CAÓTICO TRANSPORTE PÚBLICO DE SÃO PAULO, AO INVÉS DE EMPURRAR PRO ABATEDOURO + UMA FATIA DE USUÁRIOS DE TRANSPORTE...

É POR TOTAL INCREDULIDADE E ASSOMBRO EM TAIS MEDIDAS, QUE RECORRO A ESPALHAR TAIS FATOS, INCLUSIVE AOS NOBRES VEREADORES DE SÃO PAULO, PARA QUE SE LEVANTEM CONTRA MAIS ESSA “TRATORADA” DE GOVERNANTES DESCOMPROMISSADOS COM A CLASSE TRABALHADORA.

André Luis
lapha45@yahoo.com.br
02/08/2009 - Minhas palavras sobre as atitudes da prefeitura

Do editor: "O prefeito espera tirar 1300 ônibus das ruas, se forem 50.000 passageiros "sem ônibus" serão 12.500 "Ford Ka" a mais nas ruas da capital totalizando 75.000 metros quadrados de área ocupada contra 44.616 ocupada atualmente pelos ônibus. Esses automóveis enfileirados formariam uma fileira de 46km, enquanto os ônibus, colocados da mesma forma, teriam uma formação de apenas 17km de comprimento."

Na última semana a Prefeitura de São Paulo colocou em vigor, através de uma portaria medidas extremamente restritivas à transporte por ônibus fretados.

As pessoas "contentes" com tal medida, que são muito poucas pelo que se vê por ai nos fóruns afora ou mesmo na rua, geralmente trafegam com seus veículos particulares (na maioria das vezes com apenas uma pessoa no carro) e defendem junto com o prefeito que se coloque todo restante da população em verdadeiras latas de sardinha; mas de forma alguma esse pessoal é a maioria, muito pelo contrário, e espero o começo das aulas para sentar no chão e dar risada, pois teremos 6,8 milhões de pessoas que não conseguirão chegar a lugar algum.

Desses que defendem, geralmente ouço aberrações do tipo "o ônibus rodoviário é muito grande para andar na rua". O ônibus rodoviário médio tem 13,2m enquanto vários urbanos Scania (como alguns que tem na Santa Brigida) são de 15 metros, fora articulados que são na faixa dos 18 metros e bi-articulados de mais de 25 metros!

No mais, é incomparável o espaço gasto por carros em relação aos ônibus, mas faremos a comparação pois não sou de falar e não provar! Digamos que num mundo perfeito é feito o transporte solidário e todo mundo tem carros compactos (padronizemos Ford Ka para efeitos de cálculo). Um ônibus de 14 metros, comprido que geralmente não é utilizado para fretamento, ocupa 36 metros quadrados de rua enquanto um Ford Ha ocupa 6 metros quadrados. Mas um ônibus desses leva até 50 pessoas confortavelmente (te dou a vantagem de baixar para 46 pra cálculo) enquanto o Ford ka está homologado para 4 passageiros.

Se dividirmos a área ocupada pelo ônibus pela do Ford Ka teremos 36/6 = 6, logo temos 4 * 6 = 24 passageiros transportados em Kas que ocupam 36 metros quadrados.

Mas à partir dai existem outros problemas relacionados às formas geométricas e à própria dinâmica do trânsito, ou seja, os carros estarão espaçados na rua, divididos em faixas que tem cerca de 3 metros de largura (que foram feitas justamente para caber ônibus e caminhões de 2,6m de largura).

No mais, entre outras aberrações, ouví uma dona defender o fim dos fretados devido a eventualmente ter um ônibus estacionado na frente da casa dela. Pois bem, agora imagine os 6 Kas na rua, sendo que na vaga aonde cabia confortavelmente o ônibus cabem 3,8 Kas (menos de quatro)? Isso porque para transportar as 46 pessoas seriam necessários 11,5 Ford Ka que ocupam 69 metros quadrados, ou seja, quase duas vezes mais espaço - caso um Ka fosse “soldado” no outro e não tivesse leis de trânsito falando sobre permanecer na faixa de rodagem, não estacionar em fila dupla e muito menos “manter a distância”, atitudes no meu ver saudáveis para o transito seguro.

No mais, isto que está sendo feito é um retrocesso. Na verdade o modelo de fretamento de ônibus é uma modalidade de transporte coletivo que deveria ser copiada pelo mundo afora, afinal, só roda quando precisa e roda lotado.

Outro ponto, no meu ponto de vista imperdoável, é com relação a saúde pública. Criando mais aglomerações do que de costume e ainda expondo pessoas que rodavam em grupos fechados a uma infinidade de combinações com o H1N1 a solta é no mínimo uma falta de humanidade.

Para terminar, pois já me alonguei demais, tenho a mesma curiosidade da procuradora do ministério público. Faço votos que ela faça um trabalho exemplar, pois, para um economista não levar em conta coisas tão elementares, é no mínimo digno de investigação. Afinal, haverá considerável diminuição do poder de barganha do consumidor de transporte pela diminuição da concorrência, que é muito saudável.

obs: Quanto a achar que essas pessoas vão migrar para o transporte público urbano, da forma que tem sido feito, não me faça rir.

Um grande abraço a todos que chegaram ao fim desse modesto raciocínio.

Silvio Alexandre Porto
silvio@euqueroumonibus.com.br
Um cara pegou um ônibus noturno que ia para Curitiba, mas ele tinha que descer no meio do caminho, em Ponta Grossa.
Como o ônibus estava quase vazio e ele estava ferrado de sono acabou não aguentando e cochilou. No meio da madrugada ele acordou assustado com medo de ter passado da sua parada. Colocou a cara na janela e tentou olhar para fora afim de se localizar, mas o ônibus estava envolto por uma neblina densa e o local era irreconhecível. Num impulso ele virou para um bebâdo que estava acordado, sentado na outra fileira, e perguntou:
- Você sabe aonde estamos?
- Claro que sei! Estamos em um ônibus!
Um ônibus de turismo quebrou na zona rural e um passageiro, vendo uma choupana, resolveu ir lá bater um papo com o fazendeiro que estava construindo uma nova dependência na casa.
- Que é isso? Perguntou ele.
- Bem, se eu puder alugá-lo, é um bancalô rústico de veraneio. Se não conseguir, então é uma barraquinha de vender legumes à beira da estrada.
O advogado de uma das partes num acidente de trânsito telefonou a um homem que, no relatório da polícia, figurava como testemunha ocular:
- Diga-me, por favor: na sua opinião, quem foi o culpado?
- Pra mim, doutor não foi nenhum, respondeu.
- Como nenhum? Perguntou o advogado espantado.
- Pelo que eu ví os dois bateram um no outro ao mesmo tempo.
Mecânico para cliente: Seu problema é pior do que eu pensava. Suas baterias estão precisando de um ônibus novo.
Em jaipur, na Índia, um homem quebrou seu próprio recorde de 1620 caracteres num só grão de arroz.
Quando acabou, voltou para seu antigo emprego de impressão de contratos de venda de veículos.
Um motorista de ônibus de turismo foi pego por um desses radares ocultos. Estava meio atrasado e se excedeu um pouco, quando a camera automática o apanhou em excesso de velocidade.
Pouco tempo depois, recebeu uma notificação pelo correio, além de uma foto do carro com a respectiva data e velocidade a que ia.
Devidamente impressionado, ele devolveu a notificação, juntamente com uma foto de uma nota de cem pratas para pagar a multa.
A mala do turista estava repleta de adesivos de cidades de todo o mundo. Ao cobrar a passagem, o motorista do ônibus do aeroporto observou-a perguntou curioso:
- Você já esteve em todos esses lugares?
- Não, mas a minha mala já!
O senhor não se importa de chegar esse cachorro mais pra longe? Disse uma senhora para o passageiro do ônibus que viajava à sua frente no ônibus. Já estou sentindo uma pulga no sapato!
- Vem pra perto de mim, Tobe. A moça ai tem pulgas.
Acomodando-se no ônibus de turismo, um homem pediu ao passageiro do seu lado:
- Quer botar o pé no corredor?
- Está bom assim?
- Está ótimo, obrigado.
A seguir pediu:
- Pode ir me buscar um copinho de água mineral?
- O senhor machucou o pé? - perguntou o outro?
- Não, é que eu estou de férias.
Mentirinhas piedosas:
- Está como novo!
- É de empresa grande, tem boa procedência.
- Tem apenas 80 mil km originais.
- Nunca fez paraguai e nem clandestino.
- Único dono!
- O motor é novo!
- Está meio caidinho, mas ele só precisa e um dono!
Os ônibus estão realmente ameaçados de extinção. Os operadores de transporte público regular querem colocar mais passageiros por metro quadrado, os bancos querem financiar carros em até 80 vezes e o prefeito de São Paulo quer eliminar os fretados.
Rio de Janeiro/Março de 2009

"Um bêbado apaixonado estava no boteco tranqüilamente afogando as mágoas quando lembrou que tinha um encontro marcado com a sua musa e já estava atrasado.
Talvez pensou em pegar um taxi, mas era muito caro e não tinha nenhum passando por ali? E que taxista gosta de carregar bêbados que sujem o seu carro?
Um lotação? De madrugada é difícil passar alguma, mas passando na frente da garagem da empresa de ônibus viu um estacionado na rua, com a chave na ignição..."

Isto pode parecer o texto de uma entre as várias piadas de bêbado em ônibus que podem ser encontradas facilmente aqui no euqueroumonibus.com.br, mas infelizmente não é!
Aproveitando que a garagem da Viação Lourdes, no bairro da Penha no Rio de Janeiro, estava em obras e haviam alguns ônibus estacionados na rua, um homem de 38 anos, embriagado, furtou um dos veículos. Após dirigir em alta velocidade por cerca de dois quilômetros, passando pelas avenidas Brás da Penha e Nossa Senhora da Penha, bateu o veículo em um poste na rua Ibiapina, derrubando-o e deixando parte do bairro no escuro.
Não satisfeito, voltou a pé até a garagem e invadiu outro ônibus, mas como não estava com a chave na ignição o furto foi impossibilitado. Não obstante, o bebum tentou pegar um terceiro carro, mas por imperícia não conseguiu destravar as portas.
O cortador de tecidos de 38 anos foi encontrado pelo pessoal da empresa dormindo dentro de um dos ônibus. A polícia foi chamada e ele foi preso, pela primeira vez em sua vida, por furto e por tentativa de furto. Ao ser perguntado sobre a sua motivação ele alegou que tinha um encontro importante e que estava atrasado.
Levado para a delegacia não quis prestar depoimento e disse que somente falaria em juizo. No dia seguinte de manhã, após passar horas na carceragem até passar os efeitos da bebedeira ele quase não acreditou na história contada pelos policiais sobre suas peripécias durante a madrugada e disse não se lembrar do momento em que furtou o ônibus. Ele sequer tem carteira de habilitação e diz que estava com a cabeça quente por causa de uma separação, foi aí que acabou bebendo demais depois de sair do trabalho. Depois disto só se lembra de ter sido acordado dentro do ônibus e garante que nunca mais fará mais uma dessas.
Por muita sorte neste caso ninguém acabou ferido, mas os prejuizos materiais foram grandes e os morais para o indivíduo também.

As informações são de O Globo/Extra/O Dia/SRZD

O tarado do lotação...

Um cara no ônibus estava se aproveitando do fato do
mesmo estar lotado e estava no maior rala-rala atrás
de uma gostosona que estava em pé.

A mulher se cansou disso, virou-se para o tarado e
disse:

- O senhor não tem vergonha?

E ele respondeu:

- Vergonha quem não tem é a senhora, que peida e vem
dizer que fui eu!

O cheiroso...

Manuel preparando-se para ir a uma festa, colocou em seu corpo três tipos de perfumes diferentes.
E aí sabe como é, ônibus lotado, gente saindo pela janela, e derrepente um infeliz solta um peido!
Neste exato momento entra no ônibus uma linda jovem, que sentindo o mau-cheiro pergunta:
-Hum, eca! Quem é o cheiroso?
Manuel responde de imediato:
-É o Manuel aqui, três!
Bêbado no ônibus...

O bêbado tinha entrado no ônibus, aí ele foi até roleta é falou:
-Daqui pra trás só tem viado, e daqui pra frente só tem filha da puta. E começou a repetir 1 vez, 2 vezes, 3 vezes e quando ele iria repetir pela quarta vez, um homem irritado se levantou e disse:
-Ô seu bêbado safado, eu não sou viado não o viu.
Então o bêbado respondeu:
-Ah é, então passa pra frente!
Loira no ônibus lotado...

A loira estava no ônibus lotado e veio um homem por trás dela e a cutucou. Ela olhou brava para ele e falou:
- O que e isso moço?
- Me desculpe minha senhora, foi um momento de fraqueza.
- E por acaso o meu cú é vitamina?
Quem está mandando você parar o ônibus?

Um ônibus percorria uma estrada tendo entre os passageiros um doido. No meio do percurso um bandido dá voz de assalto, gritando:
-Vou assaltar todo mundo!!!
O doido chega para o bandido e diz:
-Amigo vamos resolver isso de uma forma civilizada.
Os dois conversaram, se resolvem e o doido fala para o motorista:
-Abra as portas!
-Não dá é proibido parar aqui na estrada!
E o doido diz:
-Quem está mandando você parar o ônibus? Eu tô mandando você abrir as portas para o bandido pular!!!
O bêbado pegou o ônibus voltando para casa e logo conseguiu um lugar para sentar; visto que seu estado não era dos melhores.
A viagem teve continuidade e o ônibus estava lotado.
A todo momento, os passageiros tocavam a campainha para descer.
Em certo momento o bêbado enfuriecido gritou:
- ATENDE ESSE TELEFONE AÍ PORRA!!!!!!!!!!!!
O português estava viajando quando derrepente o ônibus parou em um enorme engarrafamento.
Então o português foi falar com o motorista:

-Ora pois, o que estares acontecendo?

O motorista respondeu:

-Ah seu português, parece que houve um acidente.

E o português:

-Oba, adoro ver acidentes, abra a porta que eu vou la ver.

E o motorista:

-Ok, mas a multidão não vai te deixar passar. Porque você não fala que é parente da vitima?
E o português:
-Boa idéia.
Então o português saiu correndo gritando:
- Sou parente da vítima, .... parente da vítima, parente da vítima,...
Quando a multidão abriu espaço, o português viu-se diante de um burro atropelado.
Ônibus errado

Um bêbado entrou num ônibus muito tonto.
Depois de algum tempo ele tonteou e caiu no pé de uma velha.
Com raiva a velha xingou:
-Vá pro inferno!
E o bêbado respondeu:
-Motorista, para esse ônibus porque eu tô indo pro lugar errado!
A van e o jato

Um avião vem descendo em Congonhas desgovernado, quase caindo, mas com a habilidade do piloto consegue pousar na avenida.
Passado o pânico, os passageiros começam a descer pelas saidas de emergência. Tudo parece resolvido, quando uma van clandestina desgovernada atropela seis passageiros, quatro morrem.

Preso, o motorista da van vai ao interrogatório:
- E aí mano, o piloto do avião evita uma catástrofe e você mata quatro passageiros! Como que você não viu aquele avião a jato no meio da avenida?
- Doutor, eu peguei um casalzinho lá perto do shopping, eles entraram na van vazia e começaram o maior amasso que eu já vi mas eu ali 100% de atenção no trânsito.
- Sim, e o que isso tem a ver?
- Bem, ele tirou a blusa dela e se grudou nos peitos, e eu só ali no espelhinho, 90% de atenção no trânsito, então ela abriu o zíper e caiu de boca no rapaz, e eu ali 40% de atenção neles e 60% no transito.
- Tá e aí?
- Bom, então ela tirou o penis do rapaz da boca e apontou o negocio do cara prá minha nuca, então fiquei com 90% de atenção neles e trânsito livre. Doutor dei uma olhada no espelho, o rapaz levantou, olhou prá mim e gritou:
Olha o jato!!!!
A única coisa que pude fazer foi abaixar a cabeça, e deu essa merda toda, pois pensei que era o jato da porra, mas era a porra do jato.
Na saída de Maringá, um japonês faz um sinal para um ônibus "pinga-pinga" parar, quando este pára e o motorista abre a porta, o japa fala:
- Esse ônibus vai pra onde?
- Vai para assis - responde o condutor.
- O ônibus pára em Londrina, né?
- Pára sim.
Então o japonês se sentou e o ônibus partiu.
Chegando em Mandaguari o japonês foi até o motorista e perguntou:
- Esse ônibus vai pra onde?
- Vai para assis - responde o condutor.
- O ônibus pára em Londrina, né?
- Pára sim.
Isso acontecia em todas as cidades, em Marialva, em Apucarana, em Arapongas e estava deixando o motorista puto até que em Rolândia ele não suportou e só aguardou o oriental que logo apareceu e novamente e falou:
- Esse ônibus vai pra onde?
- Vai para puta que pariu - responde o condutor.
- O ônibus pára em Londrina, né?
- Pára sim.
- Japonês desce em Londrina, né, você vai com ele pra puta que pariu.
A saga do motorista justiceiro...
Conto de Willian Lima


Esses dias eu tava no Falcão chegando no Capão Raso vindo do Hauer. Dae, quando tava quase chegando no Terminal o motorista deu aquela fechada num carro que tava do lado, como se o mesmo nem existisse.


Até aí normal, porque, enfim, deve existir uma lei municipal que dá total preferência ao Inter II* sobre outros veículos, incluindo ambulâncias, bombeiros e até mesmo pedestres nas calçadas. O problema é que chegou no semáforo em seguida e o motorista do carro mostrou o seu "dedo médio" para o motorista, ciente de que este teria cometido uma barberagem tendo ele como vítima (deve ser de fora da cidade pra não conhecer a superioridade do Falcão sobre os outros veículos).

Então, o piloto do Inter II abre a porta da frente pra poder "conversar" melhor com o motorista infame. Aos brados de "féladaputa!" e outros nomes igualmente ofensivos, o motorista do Inter II pega a sua clássica bolsinha do Positivo e, batendo com o punho nela, ameaça o outro... "O teu tá guardado aqui dentro, o teu tá aqui dentro!". Temendo que o motorista-maloquêro-brigador-de-rua sacasse um trêizoitão de sua bolsa e fuzilasse o seu oponente pensei "puta merda, vou me atrasar!"... Mas, acho que prevendo as más intenções do motorista-matador, o outro motorista arrancou rapidinho, prolongando assim sua existência no nosso planeta. Vitorioso e triunfante, o nosso motorista pode seguir a viagem com o falcão, ainda soltando uns "cuzão de bosta" até chegar no terminal.

Aprendi que o mundo do falcão prateado é um mundo selvagem. Só os mais fortes sobrevivem.



* Linha circular do sistema de ligeirinhos da cidade de Curitiba (PR) cuja operação é dividida em sentido horário e anti-horário. Cada viagem nesta linha tem aproximadamente 38 quilômetros sendo que o itinerário dessa linha corta 12 bairros da capital paranaense, são eles: Cabral, Jardim Social, Jardim das Américas, Capão da Imbuia, Hauer, Xaxim, Capão Raso, Portão, Santa Quitéria, Campina do Siqueira, Mercês e Centro Cívico.
Viagem para a praia...

Um certo homem desceu a serra em destino ao litoral, chegando na baixada, ele foi a um ponto esperar um ônibus. Quando ele avistou o ônibus chegando, deu sinal de parada, o ônibus parou e o homem perguntou ao motorista:
- Ei moço este ônibus vai para a praia?
O motorista respondeu prontamente: - Se você arrumar uma sunga que serve nele, ele vai!
Mágico de rodoviária...

Um dia minha amiga foi na rodoviária de uma cidadezinha, e lá tinha um mágico, ela falou:
-Faz uma mágica para mim?
-Lógico, me empreste uma moeda!
E ela o deu a moeda...
-Agora irei fazer uma mágica, sua moeda ira sumir...
E fez a moeda sumir, ela ficou braba com o mágico, comprou uma coxinha e sabe o que tinha dentro da coxinha?

Resposta: [frango e catupiry] (marque bloco do texto entre as chaves para ver a resposta.)
Cumulos...

Qual o cumulo da sede? R: É tomar ônibus!
Qual o cumulo da força? R: É dobrar esquina e pegar ônibus!
Qual o cúmulo do desperdício? R: É um ônibus com 40 políticos cair num abismo (sendo que no ônibus cabem 46).
Qual o cúmulo dos cumulos? R: É tomar ônibus de canudinho.
Uma bicha estava no ponto de ônibus quando outra chega com as mãos para trás.

-Se você adivinhar quantas laranjas eu tenho na mão, te dou o cú.
-Cinco laranjas.
-Acertou!!! Amanhã trago as outras três!!!
Se vai mentir, convença...

O Advogado saiu do escritório, encontrou a sua secretária no ponto de ônibus e caía a maior chuva.
Ele parou o carro e perguntou:
- Você quer uma carona?
- Claro, respondeu ela, entrando no carro.
Chegando no edifício onde ela morava, ele parou o carro para que ela saísse e ela o convidou para entrar no seu apartamento.
- Não quer tomar um cafezinho, um whisky, ou alguma coisa?
- Não, obrigado, tenho que ir para Casa.
- Imagine, o Sr. foi tão gentil comigo, vamos entrar só um pouquinho.
Ele subiu, atendendo ao pedido da moça.
Ao chegarem no apartamento, ele tomava seu drink enquanto ela foi para dentro e voltou toda gostosa e perfumada.
Depois de alguns goles, quem pode agüentar ?
Ele caiu, literalmente. Transou com a secretária e acabou adormecendo.
Por volta das quatro da manhã, ele acordou, olhou no relógio e levou o maior susto.
Aí ele pensou um pouco e disse à sua secretária:
- Você me empresta um pedaço de giz?
Ela entregou-lhe o giz, ele pegou, colocou atrás da orelha e foi pra casa.
Lá chegando, encontrou a mulher louca de raiva e ele foi logo contando..
- Quando saí do trabalho dei carona para a minha secretaria, depois que chegamos no prédio onde ela mora, ela me convidou para subir e me ofereceu um drink, em seguida, ela foi para o banho e retornou com uma camisola transparente e muito linda, e após vários goles acabamos indo para a cama e fizemos amor, aí dormi e acordei agora há pouco...
A mulher deu um berro e falou:
-Seu mentiroso, sem vergonha, estava no bar jogando sinuca com os seus amigos, nem sabe mentir, até esqueceu o giz na orelha.
Passe escolar...

Joãozinho foi pegar o ônibus, deu o ticket estudantil, e o cobrador perguntou:
- Cadê a sua carteira?
Joãozinho botou a mão no bolso e mostrou uma carteira de estudante, e o cobrador bravo falou:
-Essa carteira não é sua!
De pronto, Joãozinho respondeu:
-E esse ônibus, é seu?
Advertências em ônibus...

Brasil: Fale ao motorista somente o indispensável.

Estados Unidos: Não fale com o motorista.

França: Senhoras e senhores, por favor não falem com o motorista.

Itália: Não fale com o motorista, senão com que mãos ele vai dirigir?

Vaticano: É pecado falar com o motorista.

Alemanha: Não fale com o motorista no ônibus, nem na casa dele, nem em lugar nenhum.

Cuba: Cuidado com o que fala ao motorista.

Inglaterra: Fale com o motorista somente com hora marcada.

Turquia: O que você ganha falando com o motorista?

Fusquinha, ônibus e garagem

Um dia, Joãozinho foi tomar banho e seu pai chegou pra ele falando:
-Filho deixa eu te ajudar no banho pra lavar as suas costas.
-Tudo bem pai.
Quando seu pai estava ensaboando seu filho, Joãozinho pergunta:
-Pai que é isso entre as suas pernas?
-É meu ônibus filho.
-Ok pai,só pra sabê.
No dia seguinte, Joãozinho vai tomar banho com sua mãe.
O garoto olha em direção à vagina da mãe e pergunta:
-Mãe,o que é isso entre as suas pernas?
-É a minha garagem filho.
Quando Joãozinho já estava dormindo, ele ouviu uns gemidos e foi em direção ao quarto dos pai. Ele acendeu as luzes do quarto e viu seus pais transando e perguntou:
-Pai o que você e a mãe estão fazendo?
-O pai pensa rápido e responde:
-Estou colocando o ônibus na garagem filho.
Então Joãozinho perguntou:
-Cabe vaga pra um fusquinha??

O ônibus vai para a direita ou para a esquerda?


Para qual lado o ônibus abaixo está indo?

Para a esquerda ou para a direita?




Não consegue descobrir?

Olhe para foto atentamente.

Ainda não sabe?



--------

Resposta: [Essa pergunta foi feita às crianças de pré-escolas dos EUA com essa mesma foto.

90% delas deram esta resposta:

“O ônibus está indo para a esquerda”.

Quando perguntado:

“Por que você acha que o ônibus está indo para esquerda?”

Elas responderam:

“Porque não vemos a porta para entrar no ônibus”

E agora, como se sente?

É bom ser criança!] (marque bloco do texto entre as chaves para ver a resposta.)


Um guarda rodoviário pára um motorhome e ao examinar o veículo detém o motorista.

- O que essas machadinhas estão fazendo no interior do seu veículo? - pergunta o guarda.

- Eu as utilizo no número que faço.

- É mesmo? - duvida o policial. - Mostre-me como.

O malabarista começa a atirar e apanhar as lâminas mortais.

- Meu Deus! - grita um motorista que passava pela estrada. - Ainda bem que eu não bebo mais antes de dirigir. Olhe só o teste que a polícia está fazendo com as pessoas.

Dicionário

  • "Bexiga" - câmaras de ar da suspensão a ar, também chamados de "bolsões"
  • "Busscar sapão" - apelido dos Elbuss da Busscar devido ao design da sua frente.
  • "Cabritinha" - Apelido do Monobloco O-362 da Mercedes-Benz
  • "Carneirinho" - apelido dado pelos "muambeiros" aos ônibus que faziam viagens bate e volta para o Paraguai. Em geral eram CMAs ou Dinossauros brancos.
  • "Chifrudos" - Denominação para os ônibus equipados com retrovisores modernos, em formato de chifres.
  • "Double Decker" - ônibus de dois andares.
  • "Latão" - ônibus.
  • "Low Driver" - Ônibus que tem o posto do motorista rebaixado a fim de posicionar as primeiras poltronas do veiculo em um assoalho construído logo acima da cabine do motorista, criando uma visão panorâmica para esses passageiros.
  • "Maçarico" - denominação comum para ônibus com motor aspirado, sem turbina.
  • "Maçarico" - Motor aspirado, não turbinado
  • "Melância" - Referência aos ônibus MB O-370 e O-371 monoblocos. O apelido surgiu devido ao formato de sua carroceria.
  • "Mulão" - Apelido do Monobloco O-355 da Mercedes-Benz
  • "Pinga-pinga" - ônibus que faz diversas paradas, inclusive fora de rodoviárias e não programadas, ao longo do seu itinerário.
  • "Queixo duro" - ônibus sem direção hidráulica.
  • "Vista" - itinerário.
  • Ar condicionado de bagageiro -
  • Ar condicionado de teto -
  • Bagageiros - local destinado a guardar malas e volumes médios e grandes pertencentes aos viajantes em ônibus rodoviários.
  • Bancada - Conjunto de poltronas, bancos de um ônibus.
  • Banco da puta -> banco da guia.
  • Banco do tonto -> poltrona que fica na última fileira, no meio do corredor. Sem banco à sua frente para se segurar, o tonto corre o risco de voar em caso de freada brusca.
  • Barriga de vidro -> ônibus de dois andares (double decker).
  • Bonecos -> passageiros.
  • Cabeceira - Espécie de fronha geralmente feita de lycra. Essa é utilizada para evitar o contato entre as cabeças dos passageiros e o tecido das poltronas o que assegura a higiene já que as cabeceiras podem ser facilmente retiradas para lavagem. Além disto a empresa pode ter jogos estras de cabeceiras para substituição enquanto as outras são lavadas.
  • Cabeça de fogo - ônibus com motor dianteiro.
  • Cabrito - Veiculo adulterado ou clonado.
  • Cabrito - ônibus remarcado ou reconstruido utilizando peças de dois ou mais veiculos.
  • Calefação - aquecedor
  • Chassis -> É uma estrutura de suporte onde a mecânica e a carroceria são montadas. Esse tipo de construção se contrapõe ao monocoque e ainda hoje é muito comum principalmente em ônibus com motor dianteiro.
  • Clandestino - segundo Michaelis: "clan.des.ti.no adj (lat clandestinu) 1 Dir Que não apresenta as condições de publicidade prescritas na lei. 2 Feito às escondidas. sm Passageiro que viaja escondido".
  • Clone - Veiculo adulterado com as caracteristicas e documentos de um outro veiculo devidamente legalizado.
  • Eixos em tandem -
  • Encarroçado - Veículo montado em duas fases por duas empresas diferentes. Primeiramente é construido um chassis ou plataforma, de acordo com as especificações do cliente, e depois este enviado para o outro fabricante independente do primeiro para que seja construída a carroceria.
  • Escotilhas de ventilação -
  • Itinerário - Visor mecânico ou eletronico aonde são apresentadas informações sobre a origem e o destino do ônibus. Em alguns lugares este equipamento também é conhecido como "vista".
  • Joaninhas - Referência aos ônibus com retrovisores modernos com carcaça de plástico.
  • Maneco -> Manete do freio de mão.
  • Monobloco (quando usado como termo técnico é sinônimo de monocoque) - No contexto de ônibus, a expressão monobloco caracteriza veículos que tiveram tanto a carroceria quanto o chassis produzidos pelo mesmo fabricante, ou seja, montados em uma unica fase.
  • Monocoque - É uma técnica de construção onde a própria estrutura da carroceria suporta toda, ou a maior parte do peso, ao contrário da construção utilizando chassis. O precursor dessa técnica no Brasil foi o Ciferal Dinossauro.
  • Mão amiga - A "mão amiga" é a designação popular para a conexão do circuito de ar dos freios e suspensão a reboque ou semi-reboque (pode ser encontrado nos veiculos combinados como Romeu & Julieta). Certa atenção extra deve ser dada a esse equipamento devido a marginais desconectarem essas mangueiras em paradas (como postos de combustíveis e restaurantes) a fim do veículo rodar apenas mais alguns quilômetros antes de ficar imobilizado em um local ermo, assim que acabar o ar do sistema, facilitando a sua abordagem pelos criminosos.
  • Nielson sete quedas -> Modelo de carroceria de ônibus fabricado pela Nielson na década de 70 e início da de 80 que tinha como caracteristica ter 4 "quedas" (desniveis) na parte da frente do teto e mais 3 na parte de trás.
  • Peso bruto total -
  • Peso por eixo -
  • Porta pacotes - prateleira instalada sobre as poltronas do salão de passageiros a fim de guardar as bagagens de mão dos passageiros.
  • Portas/tampas de bagageiro pantográficas -
  • Reencarroçado - Veículo que rodou por grande parte de sua vida útil com uma carroceria e em determinado momento teve esta trocada por outra mais nova. Entre os principais motivos para esta troca estão o desgaste da carroceria antiga, defasagem tecnológica e destruição da carroceria original em um acidente de trânsito.
  • Romeu & Julieta - Veículo para transporte de passageiros que combina um ônibus convencional adicionado de um reboque também encarroçado como ônibus. Esta é uma solução antiga que tentava ajustar o tamanho do ônibus à demandas variáveis em certas linhas.
  • Salão de passageiros -
  • Toco -> ônibus dotado de apenas dois eixos.
  • Trucado -> ônibus dotado de três ou mais eixos.
  • Vidros Colados -
  • Vidros fixos -
  • Ônibus (em Portugal auto-carro) - Do latin omnibus (tradução: "para todos") é um veículo cuja principal função é o transporte de grande quantidade de passageiros por via terrestre com rodagem sobre pneus.